segunda-feira, 26 de abril de 2010

100 Cabeças, 1000 Sentenças


da série 100 Cabeças, 1000 Sentenças

Correi lágrimas minhas, disse o polícia, Exposição colectiva,
Galeria Zé dos Bois, Lisboa,
Fevereiro de 2004

3 comentários:

Caçador disse...

E quando é que foi a inauguração?
E porque é que não disseste nada?
E vai estar até quando?

fogo

Piri disse...

olá rui! Daqui rita guerra de novo.

Olha respondendo à tua pergunta, todos os trabalhos que viste no meu facebook são da minha autoria. As fotos são todas encenadas. E as esculturas em esferovite viram a luz do dia (ou melhor, os flashes noturnos) no festival freedom, musica trance. Odeio trance. Ultimamente estou a dedicar-me à ilustração. E olha neste momento somos colegas! Estou a dar aulas de evt. Um terror estes miudos! mas é só por mais 3 semanas. Continuo à procura de trabalho. Olha sabes se precisam de alguém para trabalhar em cenário no teatro de almada? Ainda escreves peças?
Abraço, Rita

Silvares disse...

Caçador, Isto já foi no tempo da Maria Cachucha! Tem uns anitos em cima mas, como não tinha trabalhos novos para postar meti aqui estas fotos.

Rita, colega!!!
:-)
Dar aulas (a expressão não é muito feliz pois é difícil dar uma coisa como uma aula mas, enfim...) é uma experiência que toda a gente devia ter, pelo menos, uma vez na vida.
Quanto ao teatro já há muito que estou afastado dessa actividade. Actualmente sou um espectador. Aqui em Almada continua a haver vários grupos activos mas não sei como estão as coisas em termos de cenografia.