sexta-feira, 16 de julho de 2010

Exame de desenho (parte 2)

Mais um esboço a partir de uma questão da prova de exame de Desenho A (não consigo encontrar o dito cujo online)
Tal como o desenho do post anterior não é grande coisa mas é o que se arranja.

5 comentários:

luisM disse...

Há aqui um certo desprazer, não? No fim de contas é um exame, um contrato institucional, não é suposto ser nada de criativo.

Silvares disse...

É, nota-se bem o fastio.

luísM disse...

Pois, no fim acaba por ser a burocratização da arte, mas enfim é passageiro e não deve deixar grandes marcas, traumas, digo eu.

Silvares disse...

Nada que um comprimido bem aplicado não resolva.

Daniel Fortuna disse...

... mania de achar que as provas de desenho tem de ser arte :P Isso para mim é quase inconcebível. Não é esse o objectivo. Nem todo o desenho ou produção gráfica é para ser arte. Muita da produção visual é feita de exercícios de matemática sem usar a expressão da álgebra. Não tem de vir mal ao mundo por isso. Arte é outra coisa, não chafurdemos a reputação e elevação da arte.